liceu franco-brasileiro de são paulo - lycée pasteur

liceu franco-brasileiro de são paulo - lycée pasteur

Projeto de renovação do Liceu Franco-Brasileiro de São Paulo, conjunto de autoria do Escritório Técnico Ramos de Azevedo, tombado pelo patrimônio histórico.

  • sobre
  • ficha técnica
    • local: São Paulo - São Paulo - Brasil

      ano da obra: 2019

      ano do projeto: 2018

      área da obra: 18.900 m²

    • Arquitetura: Claudia Nucci e Valério Pietraroia

      Matheus Romanelli, Henrique Fontana, Leandro Leão Alves, Thomas Vannucchi, Gabriel Pietraroia e José Vasconcelos de Alencar Junior

      Acústica: Helena Padovani

      Instalações: Projetécnica Enga. de Projetos ltda e CZN Enga. Ltda

      Estrutura: PRCA Enga. Ltda

      Climatização: Climaplan Projetos Térmicos Ltda

      Construção: OHM Construtora

      Fotos: Leonardo Finotti 

  • prêmios
    • Vencedor do ABD Awards 2020 | Restauro do Patrimônio
      2020
      São Paulo - SP

  • mais sobre o projeto
    • A obra foi selecionada e exposta em:

      XXI Congresso Brasileiro de Arquitetos - 2019 - Porto Alegre - Brasil

A Metamorfose do Cotidiano.

A intervenção em uma edificação centenária oferece a oportunidade de destacar um exemplar de autoria do Escritório Técnico Ramos de Azevedo em consonância com as transformações urbanas e sociais.

A construção do cotidiano passa obrigatoriamente pelos instrumentos de educação social pois os lugares de aprendizagem representam o primeiro ambiente institucional vivido pelo indivíduo.

Destaque deve ser dado ao projeto para que possa construir formas de relacionamento que vão além das divisões funcionais e que apoiem iniciativas de novas formas de ação e de interação.

Assim, a arquitetura atua muito mais na integração entre os indivíduos do que na satisfação das necessidades funcionais. Para isso, é na generosidade e na qualidade dos espaços imaginados que os valores da arquitetura podem permanecer vitais, e não somente no respeito e na valorização do edifício histórico.

O projeto assume a missão de tratar os ambientes especializados garantindo a permanência da arquitetura original, sem abrir mão da oferta de dispositivos de promoção de novas atividades pedagógicas.

O objetivo do presente trabalho é demonstrar como a presença do projeto pode garantir a sobrevivência do patrimônio, com a capacidade de promover novas situações cotidianas de formação.